Temporal deixa sete mortos na Grande São Paulo Featured

Ao menos sete pessoas morreram devido ao temporal que atingiu a Grande São Paulo a partir da noite de ontem (10) até a madrugada de hoje (11). O balanço foi divulgado pelo Corpo de Bombeiros que atendeu 76 chamados relacionados a desmoronamentos, 698 sobre enchentes e 78 de quedas de árvores.

Entre os mortos, quatro foram na queda de uma residência em Ribeirão Pires. O desabamento levou ao soterramento de seis pessoas, sendo que duas foram resgatadas com vida.

Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências da capital paulista, às 9h30 a cidade tinha 48 pontos de alagamento, com 27 locais em que as inundações impediam o trânsito de pessoas ou veículos. Transbordaram durante a noite pelo menos cinco rios e córrego, como o Rio Tamanduateí na região central e o Aricanduva, na zona leste.

A Linha Turquesa - 10 da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, que liga a região central de São Paulo ao ABC também não está funcionando nesta manhã devido aos alagamentos. Mais cedo, a Linha - 9 Esmeralda enfrentou problemas semelhantes. Entretanto, o fluxo já foi normalizado nessa parte do sistema.

No Ipiranga, zona sul paulistana, a enchente arrastou carros e pessoas tiveram de ser socorridas dos veículos.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) suspendeu o rodízio municipal de veículos na capital paulista devido aos transtornos.

 

  • Edição: Valéria Aguiar
Rate this item
(0 votes)
Última modificação em Segunda, 11 Março 2019 19:30

Deixe um comentário em nosso mural

Certifique-se de inserir todas as informações necessárias, indicadas por um asterisco (*). Código HTML não é permitido.