“O que elegeu Bolsonaro não foram os militares, foi a ideologia”, diz Damares Alves Featured

Ministra listou algumas pautas prioritárias da sua pasta

A “ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, entende que o presidente Jair Bolsonaro foi eleito por conta de suas posições ideológicas, não por conta dos militares.

Damares acredita que “Bolsonaro foi eleito porque ele disse que ia proteger a família e a criança, combater a corrupção e mexer na economia”. Para ela, “o que elegeu o Bolsonaro não foram os militares, foi a ideologia”.

As declarações foram dadas em uma entrevista ao jornal Gazeta do Povo onde a ministra reafirmou seu posicionamento de colocar o Brasil alinhado a outros países interessados em combater a agenda do aborto e ideologia de gênero.

“Nós vamos fazer políticas públicas de proteção à mulher e ao nascituro, nós queremos salvar as duas vidas. Isso é uma ordem do presidente”, declarou Damares.

Damares ainda declarou que sua única preocupação com a ADO 26, que está em julgamento no Supremo Tribunal Federal para criminalizar a homofobia, é sobre a manifestação da fé, porque para ela é importante combater a violência contra os LGBTs.

Rate this item
(0 votes)

Deixe um comentário em nosso mural

Certifique-se de inserir todas as informações necessárias, indicadas por um asterisco (*). Código HTML não é permitido.