PONTA PORÃ

Polícia percorre ao menos 12 cidades em caçada por Cupertino

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Segundo investigadores, ele fugiu há uma semana de um sítio onde estava escondido na cidade de Eldorado. Dono do imóvel também está foragido.

A polícia apertou o cerco ao empresário Paulo Cupertino, foragido há mais de um ano após assassinar o ator Rafael Miguel e os pais do rapaz em São Paulo. De acordo com investigadores, Cupertino fugiu há uma semana de um sítio onde estava escondido na cidade de Eldorado, no Mato Grosso do Sul.

Agentes do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa) de São Paulo procuram por ele em paradas de caminhoneiros, postos de combustíveis e terminais de ônibus. Eles mostram a todo tempo a última foto tirada por Cupertino para tentar encontrar pistas sobre o paradeiro do fugitivo.

Seguindo o rastro do criminoso e com a ajuda de denúncias, os investigadores já percorreram pelo menos 12 cidades do Mato Grosso do Sul e do Paraná. Algumas delas ficam na fronteira do Brasil com o Paraguai.

A polícia brasileira já emitiu um alerta para a polícia paraguaia. A fronteira com o país vizinho também está sendo monitorada do lado de lá. O serviço de inteligência investiga ainda se Paulo Cupertino já teria atravessado para o Paraguai nos últimos dias.

Leia Também:  Motorista é preso tentando transportar 490 quilos de maconha

Cupertino desabilitou o único celular que tinha já no primeiro dia de fuga, há exatamente uma semana. A policia acredita que, como ele fugiu às pressas, vai ser difícil convencer os poucos contatos que ele tem na região para conseguir abrigo.

Alfonso Heisfeintein, dono do sítio onde Cupertino morava desde agosto do ano passado, na cidade de Eldorado, também está foragido.

R7

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS