PONTA PORÃ

jovem chamou ex para ‘encontro romântico’ e a matou com 26 facadas em MS

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Dedos da mão da jovem quase foram decepados, em uma possível tentativa de defesa por parte da vítima

A perícia constatou que Larissa da Silva Cruz, de 18 anos, foi morta com 26 facadas desferidas por Luciano Pedraza de Oliveira, de 25 anos, que não aceitava o fim do relacionamento. O assassinato teria sido planejado pelo rapaz, que chamou Larissa para um encontro, na noite desta terça-feira (15), na pedreira, em Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande. Ele foi preso quando tentava fugir para São Paulo.

De acordo com o delegado Rodolfo Daltro, que está a frente das investigações, o casal estava junto há cerca de dois anos e Larissa teria terminado o relacionamento. Nesta terça, Luciano a chamou para ir até a pedreira, como feito costumeiramente, por ser um lugar de paisagem bastante visitado pelos douradenses. “As informações iniciais são de que ele não aceitava o término”, confirmou Daltro.

Após o crime, Luciano embarcou em um ônibus com destino ao estado de São Paulo. No entanto, foi localizado e preso. Ele está retornando para a cidade de Dourados, conforme informou o delegado. Daltro fará uma coletiva ainda nesta manhã para falar sobre o caso.

De acordo com as informações apuradas pela reportagem, Larissa foi morta com 26 facadas e encontrada em uma estrada vicinal próximo a MS-379 na antiga pedreira em Dourados, nesta terça-feira (15). Ainda, a Perícia Técnica da  de Dourados constatou outras pequenas perfurações pelo corpo. Larissa estava de pijama vermelho e foi golpeada na região do tórax, abdômen, barriga, rosto, costas, pescoço e mãos.

No local, os policiais verificaram que os dedos da mão esquerda da jovem quase foram decepados, em uma possível tentativa de defesa por parte da vítima. A arma usada no crime foi encontrada a poucos metros do corpo da vítima. Larissa era de Itaporã e estava morando em Dourados havia cerca de um ano.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS