PONTA PORÃ

Polícia faz operação contra ‘damas’ do PCC a fim de sufocar capital da facção

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Grupo é investigado por lavagem de mais de R$ 15 milhões

 de São Paulo deflagrou nesta quarta-feira (16) operação para cumprimento de mandados de busca e apreensão em endereços ligados a Marco Willian Herbas Camacho, o Marcola, chefe do  (Primeiro Comando da Capital), facção que tem presença ativa em Mato Grosso do Sul e disputa o controle do tráfico de drogas e armas nas fronteiras com a  e o .

De acordo com a Folha de São Paulo, um dos alvos é Cynthia Giglioti Herbas Camacho, esposa de Marcola. Também é alvo a cunhada de Marcola, esposa do irmão dele. Ao todo, são nove mandados em Suzano, Carapicuíba, Mairiporã, Guarulhos e na capital paulista. O grupo é suspeito de lavagem de aproximadamente R$15 milhões do crime organizado, por meio da compra de imóveis e veículos de luxo.

A ação é realizada pelo Deic (Departamento de Combate ao ) e tem como objetivo sufocar financeiramente a facção, tendo em vista que sem fundos, não conseguem financiar ações criminosas, a exemplo do tráfico de drogas que envolve cifras milionárias.  Foram apreendidos documentos e um dos imóveis alvo está avaliado em mais de R$ 5 milhões, e está em nome dos pais de Cynthia.

Leia Também:  Mãe flagra menina de 9 anos em banheiro com professor de música que acaba preso por estupro

 

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS