PONTA PORÃ

Ponta Porã está entre os 4 municípios no grau de risco extremo da Covid-19

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

Alem de Ponta Porã, tem ainda Naviraí, Itaquiraí e Tacuru que estão na bandeira cinza e possuem os piores índices

Por Tiao Prado

 

O governo do estado de Mato Grosso do Sul atualizou o mapa do Programa de Saúde e Segurança na Economia (Prosseguir) referente à 3ª semana epidemiológica de 2021, de 17 a 23 de janeiro.

O mapa de risco considera a disponibilidade de leitos UTI, busca por contatos de casos confirmados, redução da mortalidade por Covid-19 e quantidade de Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s).

Redução de novos casos, necessidade de expansão de leitos, disponibilidade de testes, incidência na população indígena, redução de casos entre profissionais da saúde e situação de fronteira que tenha aumento de casos também entram na lista de indicadores.

O índice de grau de risco da Covid-19 em municípios de Mato Grosso do Sul continua alarmante. A maioria (96%) encontra-se nas faixas de maior risco.

A bandeira verde representa grau baixo; a amarela, tolerável; a laranja, grau médio; a vermelha, grau alto e a cinza, grau extremo.

Leia Também:  Fronteiras da Cultura celebra produção cultural de Ponta Porã

Bandeira cinza

Representa municípios que estão no grau de risco extremo, que são 4.

Esta faixa suspende aulas presenciais; fecha parques públicos; obriga o distanciamento social e uso de máscara em locais públicos.

Também recomenda toque de recolher das 20h às 5h. Pessoas que morreram de Covid-19 ou de outra causa não devem ter velório e seu enterro deve ser imediato.

Sugerir a ampliação de leitos UTI em hospitais, contratar leitos extras em hospitais particulares e ampliar quantidade de remédios em unidades de saúde também entram na lista.

Os municípios que estão nessa faixa são:

– Ponta Porã

– Itaquiraí

– Tacuru

– Naviraí

O Secretário de Saúde Patrick Derzi, o Secretário de Segurança Pública Marcelino Nunes de Oliveira e a infectologista Dra Márcia Dal Frabo, depois de uma extensa  reunião no centro de Especialidade João Kayatt, concederam uma entrevista coletiva, momento em que falaram da situação em que se encontra a cidade de Ponta Porã. Foi questionado  a respeito de que providências serão tomadas sendo informado que será feito uma força tarefa das autoridades do município junto com as autoridades estaduais para se fazer cumprir o toque de recolher, a partir das 22 horas, medida imposta pelo governo do Estado.

Leia Também:  Oficina é realizada em Ponta Porã para definir ações do Plano de Desenvolvimento Econômico

Segundo Dr.Patrick, o estabelecimento que não cumprir essa determinação será multado pela vigilância Sanitária.

EVENTOS CANCELADOS

Em virtude de Ponta Porã ser classificado como bandeira cinza, o que significa RISCO EXTREMO de Covid-19, a Prefeitura informa que cancelou a entrega da Praça do Ciclista e a entrega de máquinas e veículos que aconteceriam neste sábado às 10 e 11 horas, respectivamente. A classificação é feita pelo Programa de Saúde e Segurança na Economia (Prosseguir) do Governo do Estado.

Diante do agravamento do risco no município, reiteramos a necessidade do uso de máscara, higienização de mãos e evitar aglomerações.

Com informações do Correio do Estado

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS