PONTA PORÃ

“Noia”: Viciada diz viver de doações e compra sua maconha com Bolsa Família

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

 

Uma “Noia” moradora nas margens do rio, próximo ao bairro Coopa Fronteira diz sem saber que estava falando a redação do Jornal de Ponta que vive de doações, (roupas e comida) e compra sua maconha e cerveja com o dinheiro do bolsa família, guando questionada se já teve um emprego com carteira registrada, a mesma diz não, e perguntada sua instrução, afirmou não ter o fundamental completo e que não quer mais estudar.

A redação do JP pode perceber que a mesma tem 2 crianças e mora com mais outras pessoas na ‘tapera’ casa feita com restos de materiais de construções, bom, a redação do Jornal de Ponta questionou a mulher se em algum momento ela já fez algum curso oferecido pela prefeitura, a mesma diz que chegou a fazer algumas inscrições mais não foi ou não terminou nem um dos cursos oferecido.

Vizinhos diz ser rotina ver viciados na casa em vários horários do dia principalmente a noite, fumando maconha e bebendo bebidas alcóolicas, para outro morador, as doações mantem a “Noia” a mulher usuária de drogas usando o entorpecentes, sem as doações e o dinheiro do bolsa família, dinheiro do governo federal, a hipótese da mesma tem que procurar um trabalho seria a única saída para sua vida e sabemos que todos devemos ter uma ocupação, renda para sobreviver, afirma morador.

Leia Também:  Anvisa aprova regras para importação de imunoglobina humana

 

 

 

 

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS