PONTA PORÃ

Justiça anula processo de cassação do prefeito de Ribas do Rio Pardo

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

 

Ação acusa o prefeito de ter contratado sem licitação uma empresa cuja sócia era a então secretária de Saúde da cidade

Marcelo Nantes Midiamax

 

O TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) determinou a anulação do processo de cassação do prefeito de Ribas do Rio Pardo, João Alfredo Danieze (PSOL). A ação foi aberta em abril deste ano, pela Câmara Municipal.

O judiciário alegou falha no andamento na comissão processante, que não teria observado os princípios do contraditório, ampla defesa e devido processo legal. A defesa do prefeito impetrou um mandado de segurança alegando “violação consumada de direitos”.

De acordo com a denúncia, a prefeitura teria contratado com dispensa de licitação os serviços de uma clínica particular cuja dona seria a então secretária de Saúde do município, Carolina Bergo Domingues. O valor do contrato foi de R$ 567 mil.

À época, João Alfredo Danieze afirmou que a contratação foi feita “fora do seu gabinete, longe do seu conhecimento e sem sua assinatura”. “Quando notificados do teor da denúncia, acreditamos que a verdade e justiça irão prevalecer, especialmente quando será constatado que as únicas ordens do prefeito foram para apurar as eventuais irregularidades e rescindir os contratos em debate”, afirmou por meio de nota.

Leia Também:  Vereador acusado de violência doméstica em MS retoma mandato

A Clínica Médica Bergo Domingues LTDA recebeu R$ 103 mil em recursos da prefeitura de Ribas. Os números são do Portal da Transparência do município.

 

 

 

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS