PONTA PORÃ

Proprietário de égua foi autuado em R$ 2 mil por maus tratos pela PM

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

 

Policiais Militares Ambientais de Campo Grande receberam denúncias no final da manhã de hoje (23) de maus-tratos a um animal equino, que estaria sem cuidados, exposto a intempéries, em meio a uma área de pastagem em uma chácara no bairro Nova Campo Grande. A PMA foi ao local e verificou que o animal estava caído ao terreno e ao sol em meio à gramínea e não havia água e nem alimento disponível, que tivessem sido deixados pelo proprietário.

O equino, uma fêmea ainda jovem, estava doente, com feridas pelo corpo e agonizante e, felizmente, estava sendo tratado por médicos veterinários voluntários que foram avisados da situação de penúria do animal e tinham montado uma tenda e iniciado os atendimentos. Eles ainda conseguiram levantá-lo. Os Policiais apuraram com testemunhas, de que o proprietário, ao ser advertido sobre os maus tratos ao animal pelos vizinhos, teria afirmado, que o deixasse lá, pois assim que o bicho morresse, ele o enterraria.

Tenda montada para atendimento do animal vítima de maus tratos.

Diante da situação gravíssima do equino, a PMA autorizou os veterinários a levá-lo ao hospital veterinário da Universidade Federal, porém, quando o veículo para o transporte chegou ao local, a égua não havia resistido e ido a óbito. A equipe, localizou o infrator na sede da propriedade por ele arrendada, próxima do local de onde estava o animal. Ele (65), residente no bairro Jardim Itatiaia, foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 2.000,00 por maus tratos. O autuado também foi conduzido à delegacia de Polícia Civil de Crimes Ambientais (DECAT) e responderá por crime ambiental de maus-tratos, com pena de três meses a um ano de detenção.

Leia Também:  Quadrilha que recrutava caminhoneiros para transporte de cocaína é alvo da PF

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS