PONTA PORÃ

Lula “insiste” em tentar acenar para os eleitores evangélicos

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

 

 

Petista diz que evangélicos são “enganados” pelo presidente

 

 

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fez criticas diretas ao presidente Jair Bolsonaro (PL), que é seu principal rival para as eleições ao Palácio do Planalto neste ano.

– Quando vejo o Brasil votar num presidente que temos hoje, não precisava votar no [Fernando] Haddad, votasse em outra pessoa que tivesse qualificação moral, sentimento de solidariedade, que tivesse disposto a distribuir livros e não armas – disparou.

O petista votou a questionar a crença de Bolsonaro e a acenar para os evangélicos, estratégia que o PT está tentando impulsionar.

– [Bolsonaro] É uma pessoa que não prega nenhum sentimento de paz e vive enganando muita gente boa, como os evangélicos, que ele é do bem, e que quem não está com ele é comunista – criticou.

De acordo com o ex-presidente, “O Brasil nunca teve um presidente tão desqualificado moralmente. Um cara que não fala em emprego, educação, cultura, ciência e tecnologia, escola técnica. Ele se alimenta do ódio que ele e sua família transmite todo o dia por fake news.”

Leia Também:  Ministério inclui covid-19 em lista de notificação compulsória

Lula também fez criticas ao ex-governador de São Paulo, João Doria.

– É impressionante que as pessoas elegeram para prefeito de São Paulo não o Fernando Haddad e o Gabriel Chalita, como vice, que são dois educadores. Mas sim o João Doria, que não teve passado, presente e não terá futuro politicamente – afirmou.

Os comentários foram feitos em evento no qual o petista discute a alta da inflação com mulheres da Vila Brasilândia, em São Paulo.

*Com informações da AE

 

 

 

Monique Mello – Plenonews

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS