PONTA PORÃ

Em 15 dias, 6 supermercados são multados pela venda de produtos estragados e vencidos em Campo Grande

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

 

 

 

Metade destas infrações foram cometidas somente nesta semana

Uma série de supermercados tem sido multados pelo  (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) pela venda de produtos vencidos e em condições impróprias para consumo em Campo Grande. Somente em 15 dias, seis estabelecimentos foram multados na Capital, e metade destas infrações foram cometidas nesta semana.

Nos quatro primeiros dias desta semana, três mercados foram penalizados pela comercialização de itens fora do prazo da validade. O primeiro caso foi em um atacadista da Avenida Presidente Vargas que possuía cerca de 346 produtos vencidos, entre eles embalagens de ameixa seca, banana-passa, castanha de caju, gojiberry, pacotes de pães de alho, barras de frutas, uma peça de salame e uma massa para pastel e recebeu  pelas irregularidades na última segunda-feira (30).

No mesmo dia, 30 de maio, outro supermercado foi multado pela venda de produtos com validade vencida como bandejas de tomate-cereja, limão-siciliano e leite fermentado.

Leia Também:  Mãe flagra menina de 9 anos em banheiro com professor de música que acaba preso por estupro

O terceiro caso aconteceu nesta quinta-feira (2) em um supermercado, no bairro jardim Los Angeles, com biscoitos, margarina, pizza, mortadela e alimento para gatos vencidos.

No dia 26 de maio, a  do Procon atuou em um mercado na Rua Afluente onde foram encontrados estavam 33 unidades de cerveja, três barris de cerveja vencidos desde 2021, cinco quilos de banha suína vencida em janeiro deste ano, 56 unidades de pó para preparo de gelatina, 19 embalagens de ameixas secas, 34 embalagens de empanados de frango, 12 de hambúrguer e 30 de salaminho com a validade vencida.

Já no dia 21 de maio, a superintendência multou um mercado pela comercialização de 13 produtos vencidos.

Na Vila Neuza, outro estabelecimento cometeu a infração da venda de produtos vencidos como a farinha de mandioca e farofa temperada, que eram válidos até o mês de fevereiro, bem como biscoitos que venceram no mês de abril. Além disso, energéticos e cervejas também estavam vencidos no mês de maio.

Leia Também:  Campo Grande e Consórcio Guaicurus marcam nova reunião para discutir repasses milionários nesta quarta

Como denunciar?

Para denunciar irregularidades como venda de produtos vencidos, estragados ou violados, bem como outras infrações cometidas contra o consumidor, entre em contato no Procon Estadual no telefone 151 ou no aplicativo “fale conosco” do site www.procon.ms.gov.br.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

RELACIONADAS